Skip to content

19 de fevereiro de 2013

A Mil Por Hora

RIO DE JANEIRO – Após o 8º lugar no Mundial de Construtores em 1989, a Scuderia Italia tinha planos ainda mais otimistas para o terceiro ano completo do time de Beppe Lucchini na Fórmula 1. Fato raro em sua carreira, Andrea De Cesaris renovou contrato e permaneceu para mais uma temporada, onde teria como novo companheiro de equipe o também italiano Emanuele Pirro, que fizera algumas corridas na Benetton no ano anterior.

1990_Dallara190Ford_USA

Só que antes do início da temporada, Pirro contraiu uma hepatite e ficou fora de combate. Indicado pela Ferrari, o também italiano Gianni Morbidelli foi chamado para substituir o compatriota até que o romano se recuperasse da doença.

Logo na primeira corrida do ano, De Cesaris cravou um surpreendente 3º tempo no grid do GP dos EUA, muito ajudado pelos pneus Pirelli – enquanto Morbidelli não se classificava. Quando vinha em quinto, a embreagem atrapalhou a corrida do…

Ver o post original 495 mais palavras

From → Sem categoria

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: